quinta-feira, janeiro 12, 2006

Aparecendo em todas....

Fórum alternativo elege as 25 empresas mais irresponsáveis

A organização privada "Olho Público de Davos" selecionou as 25 multinacionais que considera mais "irresponsáveis" em matéria social e ecológica, entre elas a Coca-Cola, a GAP, a Alcoa e a Nestlé.

A associação informou hoje que no dia 25 de janeiro, coincidindo com a realização do Fórum Econômico Mundial, na localidade suíça de Davos, premiará cinco delas como "as que demonstraram ter um maior grau de irresponsabilidade", como faz todos os anos, desde 2000.
"Nosso objetivo é não nos deixar impressionar pelos discursos vazios do fórum e mostrar aspectos importantes que as empresas deixaram de lado em suas tarefas diárias, com a intenção de que a responsabilidade empresarial não seja só um conceito vazio", explicam os responsáveis.

A "Olho Público de Davos" reúne diversas organizações não-governamentais suíças e seleciona as "companhias que claramente ilustram o aspecto negativo da globalização econômica".

Entre as 25 empresas selecionadas este ano estão a gigante suíça agroalimentar Nestlé, que recebe o prêmio pela segunda vez consecutiva, já que no ano passado foi escolhida por sua abusiva comercialização de substitutos do leite materno em algumas regiões da África.
Outras empresas "premiadas" são a farmacêutica alemã Bayer, a escola internacional de negócios ZfU e as empresas químicas suíças Novartis, Ciba e Syngenta, que dividem o prêmio por sua gestão de resíduos tóxicos.

A cadeia britânica de supermercados Tesco e o grupo energético sueco Vattenfall também estão na lista publicada hoje, assim como os comerciantes de madeiras nobres Dalhoff Larsen & Horneman (dinamarquês) e Gunns (australiano).

As multinacionais americanas selecionadas são o produtor de alumínio Alcoa, a companhia petrolífera Chevrontexaco, o grupo bancário Citigroup, a fabricante de bebidas Coca-Cola (em duas categorias: dano ao meio ambiente e falta de respeito dos direitos humanos) e o grupo de artigos esportivos Fila.

Os prêmios serão entregues pelo ator e humorista suíço Patrick Frey na inauguração das reuniões alternativas que serão realizadas em Davos durante o Fórum Econômico Mundial.
Todas as multinacionais premiadas serão lembradas, segundo os organizadores, de que a sociedade tem direito de exigir que toda empresa se responsabilize pelo seu entorno e pelo meio ambiente, que respeite os direitos humanos e trabalhistas e que pague seus impostos

FONTE: INVERTIA