quinta-feira, março 24, 2005

Ele não levou fé.....

Polícia Federal tira o gás da Cocacola

Brian Smith, presidente da Coca-Cola no Brasil, está de malas prontas. Sua saída deve ser anunciada nos próximos dias, assim que seu substituto for escolhido. A direção da Coca, em Atlanta, acerta os ponteiros com um executivo europeu, presidente no Brasil de uma gigante de alimentos. Quem tirou o gás de Smith, foram os delegados da Polícia Federal.
Em fins de 2004, a PF apreendeu os computadores da Kroll, e descobriu que o maior cliente da multinacional de investigação era a Coca-Cola, com contrato de R$ 250.000,00 mensais para monitorar os concorrentes.
Para Atlanta, Smith feriu uma lei americana, o Foreign Corrupt Pratices Act, que proíbe espionagem no exterior.

Por Hugo Studart, Isto É Dinheiro 16/03/2005