quarta-feira, dezembro 22, 2004

O Gosto Da Coca Cola Mudou

O Mundo Precisa De Respeito
Movimento Contra A Coca-Cola Não Para de Crescer No Mundo Todo
Símbolo da liberdade, da juventude e da globalização, a Coca-Cola nas últimas décadas não tem conseguido mais mascarar direito suas engrenagens de custo-benefício, que mantinham sua imagem em dia como detentora do título de maior marca do mundo.


Tanto que, a maior marca do mundo, também é hoje objeto do maior aumento do número de ONGs que lutam pelas diversas causas de violação que a própria Coca pratica neste planeta.

Denúncias de assassinatos e tortura na Colômbia, depredação da água dos lençóis freáticos e a fabricação de bebidas com pesticidas na Índia, utilização de água da torneira para a venda de sua marca engarrafada, organizações de cartel na Europa, descumprimento das normas contra a AIDS na África, utilização de trabalho infantil na América Latina, nos Estados Unidos a rejeição quanto aos sindicalistas (maior sindicato da Coca no mundo - os Teamsters), além de processos judiciais pelos 5 continentes e da nossa já bem conhecida guerra Dolly X Coca-Cola.

A situação chegou a tal ponto que, portar uma latinha de Coca-Cola nas instalações de uma Universidade de Nova York, significa parar para se explicar diversas vezes pelo caminho.

O gosto da coca cola mudou. A bebida doce e refrescante parece não trazer mais o prazer que até o final do século passado representava a cultura e o poder do American Way Of Life.