quarta-feira, dezembro 15, 2004

A Globo E A Coca-Cola

Será que a Rede globo resolveu tomar as rédeas do caso que está abalando o Império de seu maior patrocinador neste país?

Quem assistiu pela tv as audiências na Câmara dos Deputados, com os presidentes da Dolly e da Coca-Cola, não pôde deixar de se indignar: o desrespeito, a falta de compostura e a falta de compromisso reinaram soltos por parte da Coca-Cola.

Não é segredo pra ninguém, em nenhuma parte do mundo, que a Coca passa por momentos difíceis em todos os seus segmentos; e aqui no Brasil, entre outras batalhas impróprias, há quase dois anos que a Coca vem tentando apagar a Dolly Refrigerantes de sua rotina competitiva.

Tentativas como ameaças, denúncias descabidas referidas ao presidente da Dolly, manutenção de prestador de serviços que faz dobradinha de consultor do Presidente da Câmara, adiamento de sessões no Congresso, imposição de Ramazzinis, etc; apesar do empenho da Coca, não conseguiram deter o andamento das investigações contra suas práticas, das quais o resultado muitos cidadãos brasileiros aguardam.

A se julgar pelos dois últimos finais de semana, onde jornalistas expuseram sem base verídica; primeiramente na revista Época, e no domingo seguinte em matéria ao jornal O Globo, apontando parlamentares que trabalham com a regularização da bebida coca-cola no Brasil, como suspeitos de levarem vantagem com investigações sobre a mesma, demonstra a intenção clara de desviar a atenção do assunto em foco: as irregularidades da Coca-Cola.

Que as investigações sigam paralelas.
Mas que nenhuma atrapalhe a outra.

O que se discute agora, é a impressão que deixa a Globo através de seus veículos de comunicação em relação ao caso Dolly X Coca-Cola:
Que tentou até o último minuto não noticiar um caso dífícil de se mascarar.
Mas, que por conta da inaptidão da Coca-Cola, foi obrigada a entrar de sola no assunto antes que não houvesse mais meios de controle. Havia o risco de emissoras concorrentes saírem na frente com o furo de reportagem.

A impressão que fica é que a "imcompetente Coca-Cola", depois de ter gasto todos os seus 'cartuchos', apelou. Afinal, mal comparando, assim como Beria a Stalin, Goebbles a Hitler, Chu En-Lai a Mao Tse-Tung e Blair a Bush, a Globo não poderia deixar de atender à Coca-Cola.

P/S: Onde sairá a próxima matéria indutiva da Globo para o próximo final de semana? revista.... já foi, jornal..... já foi.
É capaz de sair no Fantástico......