sexta-feira, outubro 29, 2004

A HORA DA FOLHA

Não! O título desse post não se refere ao nome de um novo jornal de gaúchos com paulistas.
Tampouco tem a ver com o problema da escassez de catadores de folhas das árvores, durante este outono no hemisfério norte.
O título acima simplesmente resume uma situação de ordem. Aquela que tem dinâmica de billhões de dólares em curto espaço de tempo. A tal que extrapolou o 'mercado negro' e marca presença nas ocasiões mais inocentes, familiares e festivas da sociedade global, independente de etnia, credo, nível social e condição financeira.
O título deste post compreende a questão que anda fumegando na cabeça de muito consumidor e produtor de refrigerantes no Brasil. É a introdução para uma resposta para a pergunta que a nossa brasileiríssima Dolly vem trabalhando ardua e corajosamente há meses para obter:

A Coca-Cola contém derivados da folha de coca?

Em nome de toda a sociedade brasileira que se sente tolhida em sua condição de cidadãos, quando esbarra na impossibilidade da informação de relevância ter o acesso à grande mídia, e como conseqüência, ter que buscar respostas até em sua própria intuição para as questões mais básicas de sua saúde e consumo, me resta reconhecer;

VALEU, LAERTE CODONHO!

Leia abaixo:

Relator aprova: Extrato Vegetal da Coca-Cola vai ser analisado

Vice-presidente da Câmara Federal e relator do requerimento, Inocêncio solicita encaminhamento imediato ao Ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, de análise do Extrato Vegetal da Coca-Cola

SUGESTÃO DE PAUTA/ INFORMAÇÃO

DEPUTADO INOCÊNCIO OLIVEIRA APROVA REQUERIMENTO DE ANÁLISE DE EXTRATO VEGETAL DA COCA-COLA: Vice-presidente da Câmara Federal e relator do requerimento, Inocêncio solicita encaminhamento imediato ao Ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, de análise do Extrato Vegetal da Coca-Cola

SÃO PAULO - Finalmente, ontem, 27 de outubro, foi dado o parecer positivo pelo deputado Inocêncio Oliveira (PFL/PE), Vice-Presidente da Câmara Federal e Relator, ao requerimento, que solicita a análise – sob suspeita de conter folhas de coca, o que é terminantemente proibido pela legislação brasileira - do Extrato Vegetal ou Mercadoria nº. 5 que compõe, entre outros ingredientes, a fórmula da Coca-Cola.

O próximo passo será o próprio Ministério da Justiça encaminhar o assunto ao Instituto de Criminalística da Polícia Federal. Há meses o requerimento, de número 1866/2004, do deputado Renato Cozzolino (PSC/RJ), aprovado por unanimidade em 5 de maio na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, aguardava parecer da Mesa Diretora.

A seguir, todo o histórico oficial da tramitação do assunto, disponível no site www.camara.gov.br.
Proposição: RIC-1866/2004
Autor: Comissão de Fiscalização Financeira e Controle

Data de Apresentação: 12/05/2004
Apreciação: .
Regime de tramitação: .
Situação: 1SECM: Aguardando Resposta.

Ementa:
Solicita ao Ministério da Justiça, no âmbito do Departamento de Polícia Federal / Instituto Nacional de Criminalística, informações sobre produtos, substâncias ou drogas ilícitas que causem dependência física ou psíquica.

Explicação da Ementa:
Esclarecimentos acerca de extrato vegetal exportado pela Recoforma/Coca-Cola conter em sua composição folha de coca (erytroxilum coca) ou algum de seus derivados. Ministro Márcio Thomaz Bastos.

Indexação:
(MJ), Departamento de Polícia Federal, Instituto Nacional, Criminalística, existência, substância, droga, psicotrópico, riscos, dependência química, dependência física, dependência psíquica, bebida, refrigerante.
Pareceres, Votos e Redação Final

- MESA (Mesa Diretora)
PRL 1 MESA (Parecer do Relator) - Inocêncio Oliveira
Andamento:

12/5/2004 PLENÁRIO (PLEN)
Apresentação do Requerimento de Informação.


17/5/2004 Mesa Diretora da Câmara dos Deputados (MESA)
Designado Relator, Dep. Inocêncio Oliveira (PFL-PE)

27/10/2004 Mesa Diretora da Câmara dos Deputados (MESA)
Apresentação do Parecer do Relator pelo Dep. Inocêncio Oliveira


27/10/2004 Mesa Diretora da Câmara dos Deputados (MESA)
Parecer do Relator, Dep. Inocêncio Oliveira, pela aprovação.

CONSULTE O SITE DA CÂMARA: www.camara.org.br.
Lá você poderá encontrar a íntegra do requerimento do Deputado Renato Cozzolino. Abaixo, para auxiliar, segue a íntegra do despacho do deputado Inocêncio de Oliveira

-------------------------------------------------------------------------

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº 1866/2004

Autor(a): COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLE
Destinatário (a): Ministro de Estado da JUSTIÇA

Assunto:
Solicita ao Senhor Ministro de Estado da Justiça, no âmbito do Departamento de Polícia Federal, o Instituto Nacional de Criminalística, informações sobre produtos, substâncias ou drogas ilícitas que causem dependência física ou psíquica.

Despacho:
O presente requerimento de informação está de acordo com o art. 50, § 2º, da Constituição Federal e com os arts. 115 e 116 do Regimento Interno da Câmara dos Deputados. O parecer, dispensado o relatório, em conformidade com o art. 2º, § 1º, do Ato da Mesa nº 11, de 1991, é pelo encaminhamento.

Primeira Vice-Presidência, em 27 / 10 / 2004.

Deputado INOCÊNCIO OLIVEIRA
Primeiro Vice-Presidente
Relator