segunda-feira, setembro 06, 2004

A Coca-Cola, O Hidrofluorcarbono E O Plástico Reciclado

Nos últimos anos, a Coca-Cola vem sendo criticada por ambientalistas que se baseiam em duas principais causas, sendo estas: 1- o uso dos ambientalmente prejudiciais hidrofluorcarbonos (HCFCs) nos refrigeradores da Coca-Cola e 2- pelo dano ambiental causado pelas embalagens descartáveis da bebida. Os sistemas de refrigeração não precisam ser de ordem natural – conhecidos como refrigeração verde – mas não deixam de ser uma alternativa viável aos HCFCs.
Ao concorrer como sede dos Jogos Olímpicos de 2000, a Austrália proclamou que aquela seria primeira 'olimpíada verde'; onde então a Coca-Cola foi alvejada pelo Greenpeace, que iniciou campanha alegando que de cada 1800 refrigeradores da Coca-Cola, somente 100 são de 'refrigeração verde'. A publicidade negativa resultou em vitória parcial de marketing quando a Coca-Cola anunciou que estaria comprometida com a saída de linha dos refrigeradores de HCFC pela época das Olimpíadas de Atenas. Ao que tudo indica, o compromisso ainda não foi totalmente cumprido. Uma campanha similar compreendendo as embalagens plásticas da Coca, foi iniciada em 1997 pela GrassRoots Recycling Network (GRRN) baseada nos Estados Unidos. Três anos antes disso, a Coca-Cola havia abandonado o uso de plástico reciclado em suas embalagens. A campanha da GRRN para pressionar a Coca-Cola a utilizar embalagens de plástico reciclado envolveu estudantes ativistas por todos os Estados Unidos, que fizeram piquetes em engarrafadoras e em reuniões de acionistas. No início deste ano, sob pressão da campanha da GRRN, a Coca-Cola concordou em utilizar 10% de plástico reciclado em suas embalagens descartáveis a partir do ano de 2005. Há que se acompanhar o caso.

site da campanha de pressão à Coca-Cola organizada pelo Greenpeace: http://www.cokespotlight.org/

Fonte: http://www.csrdatanetworks.com/content/news/articlescript/fullnews.php?id=31