sábado, setembro 11, 2004

ATÉ NA CHINA

Pequim, 07/09/2004 – A Coca-Cola Company em Tianjin se viu numa situação limite na semana passada: um médico denunciou a Diet Coke como um produto que contém uma droga ilegal em sua fórmula. Ele entrou com processo no Tribunal de Tianjin, na Zona de Desenvolvimento e Economia, no dia 25 de agosto.
O tribunal ainda não começou a investigação, mas a mídia local tem feito amplas coberturas do caso.
O outorgante, um médico de 35 anos, de nome Li, alega que a Diet Coke contém ambas, cafeína e benzoato de sódio, duas substâncias que combinadas em determinadas doses, podem se tornar uma droga que potencialmente, causa dependência. Considerada prejudicial à saúde, a droga é ilegal na China.
Drogas compostas por estes dois ítens, são normalmente utilizadas para tratamento respiratório.
Em seu processo, Li está pedindo a retirada dos produtos Diet Coke do mercado doméstico, o retorno de 1.8 yuan que ele pagou por uma lata do refrigerante e a oferta de um simbólico 1 yuan por compensação. Li começou sua cruzada anti-coca em julho, depois de ter comprado uma lata de Diet Coke em um supermercado e notou que entre os ingredientes, estavam incluídos água, cafeína e benzoato de sódio. Embora ele esteja trabalhando com plantação de flores atualmente, ele se formou e exerceu a profissão de médico por 15 anos; o que o fez rapidamente concluir que dois componentes da fórmula da bebida, misturados, se tornam droga perigosa para a saúde.

Fonte: http://www.chinadaily.com.cn/english/doc/2004-09/07/content_372328.htm