quinta-feira, julho 22, 2004

Convite

Movido pela grande  repercussão  do  4o programa 100% Brasil da Rede TV (link ao lado), que foi ao ar no domingo 18 último, quero fazer um convite não somente àqueles que estão acompanhando o caso Dolly X Coca-Cola, como também a todas as pessoas que se sentem indignadas com temas de extrema influência no nosso cotidiano, que por motivos vários não encontram lugar na grande mídia. Ofereço este espaço para que expressem opiniões,  façam relatos e  exponham fatos que por muitas vezes até chegam a ser ventilados pela imprensa alternativa, mas têm seu processo de divulgação e discussão interrompidos por pressão de fortes anunciantes ou mesmo pela imposição da mídia “mainstream”. Sintam-se à vontade. Este blog também é de vocês.

2 Comments:

Blogger Nico said...

Cézar, me chamo Augusto e após ter visto sua entrevista na tv, visitado este “blog” e ler seu convite para participar, não pude me conter em opinar. Sou sincero e honesto na colocação de minhas idéias e acho que, pelo que assisti na tv., este também é seu perfil.
É muito bonito, entusiástico e animador tudo isso que estão escrevendo em seu “blog”. Porém, todos sabemos que o nosso mundinho corporativo se alimenta de elementos bem sórdidos como: dinheiro, ganância, poder, soberania, competição e por aí vai! Não, não quero que me tenham como uma pessoa devorada pelo tal capitalismo selvagem ou absorvida por esse sistema obsceno e devasso que nos restringe cada vez mais á um submundo de pessoas pequenas, fúteis e sem coração.
Cézar, trabalhei 20 anos na Antarctica – RJ e assisti de cadeira, a venda vergonhosa e grotesca desta empresa 100% nacional para a Brahma (nã nã nã nã !!!! hehehehe). Posso imaginar como vc. se sentiu quando saiu da CC (esta era a sigla que usávamos na Antarctica, quando mencionávamos a Coca Cola nos relatórios hehehehe ridículo).
Acho que sua luta pessoal na justiça é justa (desculpe-me o pleonasmo) mas, quanto a tentar combater uma máquina “fazedora” de viciados a gerações, acho um pouco demais ! Desculpa minha franqueza, sou assim.
Ousarei dizer que a posição atual em que a CC se encontra no mercado mundial, é quase impossível exterminá-la (como se fosse uma praga, e é!!). CC faz parte da história da humanidade capitalista, socialista, marxista, etc. (me empolguei), ainda mais em um país como o nosso, onde tudo é uma brincadeira, ih !!! Pronto, mexi com os nacionalistas doentes e cegos, que dizem que o país está em plena forma física (hehehe) e que o nosso “César” está nos dando ”pão” e “circo” como deveria.
Bem, voltando ao caso, te achei um camarada bem corajoso em expor estas fofoquinhas ( no bom sentido, não me leve á mal) para alimentar a curiosidade de nós, simples mortais, metralhados diariamente por uma mídia genitora de bucéfalos, beócios e acéfalos.
A briga da Dolly, ............ Ah !!! Preciso fazer um á parte, minha consciência necessita deste á parte: Que nome horroroso de refrigerante, parece nome de boneca !!!!! Isso sem falar na propaganda televisiva que é a verdadeira visão do inferno, ninguém merece ver Bambam e o filho da Vanuza, cantando aquele gingue escatológico.
Bem......a briga da Dolly (éca) com a CC, me lembra a guerra das Malvinas, entende? O resultado já sabemos.
Enfim caro Cézar, mesmo com todo este meu relato, estou do seu lado á favor de uma nação proba, justa, digna e próspera.
Oxalá todos os pseudo políticos fossem banidos para marte, bem longe de nossa vista.
Sabe, as vezes fico pensando em Fidel e o quão valente ele foi com sua luta contra “Tio Sam”, é claro que fazendo vistas grossas aos reflexos negativos e o caos atual de Cuba !!!
Ah! Já ia esquecendo.....meu Deus, que cena patética aquela CPI da CC mostrada no programa, por Deus!!!!! Parecia uma reunião do clube do bolinha KKKKKKKK, aquele sujeito que presidia a mesa, que por sinal graças á Deus eu não sei o nome, era uma visão perfeita de uma xepa comprada em fim de feira !!!!.

Abraços colega e não me julgue severamente, o.k.?

4:20 PM  
Blogger César Azambuja said...

Prezado Augusto,
Em primeiro lugar, obrigado por seu comentario, Este espaço se propõe exatamente a isso. Que todos deem a sua opinião, concordando ou não com nossas posições.
Sempre se disse que a luz nasce da discussão.
Como vc mesmo disse somos parecidos, francos e diretos. Então permita-me discordar de voce em alguns pontos.
Eu acredito piamente que possamos mudar as situações existentes, que possamos quebrar esses paradigmas bobos de que "é impossível", que não adianta lutar contra esses gigantes multinacionais. Se eu acreditasse nisso, não estaria aqui e sim, vendo "senhora do destino" num belo pijama azul com listras.
Nada disso. Vamos até o fim. Não para exterminar a Coca Cola, até porque não é essa a intenção, apenas para evitar que se repitam permanentemente as praticas desleais deste gorila dissimulado.
Entendo seu sentimanto ao ver a Antarctica ser comprada pela Brahma numa transação discutível. A mesma Brahma que se diz a maior cervejaria brasileira , mas que todos sabemos que agora é belga....Pode até ter sido uma transação legal, mas devia ser mais transparente.
è isso que queremos, Augusto. O respeito a suas leis, é o minimo que um país deve exigir das multinacionais que atuam em suas terras. É muito desejar isso?
Voce me parece uma pessoa inteligente, talvez um pouco desesperançoso em relaçãoa uma possivel mudança.
Mas não tem jeito amigo, só há uma forma de mudar, COMBATENDO!!!
Não acho que seja impossivel ganhar esse jogo, nem tenho a mesma certeza de voce de que essa guerra terminará como as malvinas, até porque não somos arrogantes, combatemos com a verdade e a tecnologia de informação do mundo atual é uma forte arma para enfrentar o poder das verbas publicitarias milionarias.
Os tempos são outros. Sugiro que vc analise com carinho os links do nosso Blog e verá que não estamos sós. Essa guerra já é global.
Com relação a nome de produtos ou mesmo sabor, voce sabe que tudo, ou quase é uma questão de marketing. Ou alguma vez um de nós, comprou por livre e expontanea vontade aquele refrigerante horroroso de laranja que a Antarctica fabricava, ou então o intragavel Guaraná da cocacola? Como era mesmo o nome deles? Pop e Taí....
Um grande abraço. Continue com a gente.
cesar

11:24 PM  

Postar um comentário

<< Home